contato@epc.pe.gov.br(81) 3183.7300 facebooktwitterinstagramyoutube

Com episódios inéditos, nova temporada de Trilhas da Democracia retorna neste domingo (5)

publicado em:3/07/20 1:50 PM Trilhas da Democracia

As comunidades quilombolas em tempos de pandemia são o foco do episódio de estreia da nova temporada do Trilhas da Democracia, que vai ao ar neste domingo (5). Com apresentação de Marco Mondaini, o programa recebe Givânia Silva, liderança quilombola de Conceição das Crioulas (PE), e Ronaldo dos Santos, liderança quilombola de Campinho da Independência (RJ). Givânia também foi fundadora da Coordenação Nacional de Articulação das Comunidades Negras Rurais Quilombolas (CONAQ), da qual Ronaldo é um dos atuais coordenadores. 

De acordo com um levantamento de 2018 da Agência Brasil, menos de 7% das terras reconhecidas como pertencentes a povos remanescentes de quilombos estão regularizadas no Brasil. Nos últimos 15 anos até então, cerca de 200 áreas quilombolas, na qual moram em torno de 13 mil famílias, foram tituladas pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra).  O órgão é responsável por executar a titulação das terras já identificadas e reconhecidas.

Ronaldo Santos destaca o Rio de Janeiro como o maior estado brasileiro em mortes de integrantes de comunidades quilombolas. Segundo ele, as comunidades localizadas na região dos Lagos, em Cabo Frio, e em Jacarepaguá, na capital, são as mais atingidas. “Tem a ver com a política desses municípios, que isolam algumas áreas, mas deixam os quilombos vulneráveis”, destaca.

Com coordenação e apresentação do historiador e professor da UFPE, Marco Mondaini, o Trilhas da Democracia promove entrevistas e debates semanais, que são exibidas pela TVPE, aos domingos, às 19h. Para assistir o programa deve-se acessar os canais digitais 46.1, em Recife e Região Metropolitana, 12.1, em Caruaru, e 13.1, em Petrolina.



Post Tags