contato@epc.pe.gov.br(81) 3183.7300 facebooktwitterinstagramyoutube

Quatro filmes encerram nesta sexta (02) o Audiovisual Negro no Curta Por Aí

publicado em:1/07/21 8:12 PM CINEMASem categoria

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.

Depois da pausa para o show de São João, o Curta Por Aí, na TV Pernambuco, retorna nesta sexta-feira (02), às 19h, com quatro curtas metragens de diretores negros, que encerram a Semana do Audiovisual Negro, festival pioneiro em Pernambuco. Com a Pandemia, a segunda edição do evento precisou ser realizada virtualmente e agora vamos esperar o que será da próxima da terceira edição.

No Curta Por Aí, a  apresentadora Moema França traz entrevista com a produtora do Audiovisual Negro, Anna Andrade. Os filmes escolhidos especialmente para a sessão de desta sexta, misturam o vídeo com a linguagem corporal. Um dos curtas traz o estudo para contenção de pragas e infiltrações, de Thiago Barbosa. Um corpo em clausura, em meio aos objetos materiais de sua existência, volta-se para dentro de si mesmo, em busca de um possível resgate de si mesmo. Encontrará o que busca? Lá fora, uma ameaça invisível põe à prova o modus operandi em que a humanidade até hoje esteve imersa.

Na sequência,  você assiste Feitura de Larissa Machada e Vitor Mora. Sinopse:  Eu fui dormir muito tarde, não consegui dormir, tô com o corpo todo quebrado aqui, mas assim que eu deitei, que eu consegui pegar no sono, você tava falando muito alto na minha cabeça e tipo, muito misturado assim. E aí você tava, eu tava também numa roda de bambus verdes, e a gente corria , nessa roça, mas a gente não corria dentro, a gente corria por cima dos bambus assim. A gente não tava dando volta, sabe? A gente tava espiralando mesmo assim, ascendendo, sabe? subindo. eu lembro do sol batendo no seu rosto. Feitura é sobre seu corpo ser alta tecnologia.

No terceiro curta, vem o experimental inédito com o filme de Iagor Peres, artista plástico que investiga a relação com a própria pele. No curta Ali Entre Nós um Invisível o Obliterante, Iagor utiliza um material sintético parecido com a pele humana para fazer uma reflexão sobre nosso corpo e os espaços em que existimos. E em seguida, você confere Búfala, de  Tothi dos Santos, um curta experimental que usa a dança para homenagear o Orixá Iansã.

Este será o último episódio da temporada do Curta Por Aí, mas não fica triste não, porque durante este mês de julho tem reapresentação e a gente volta com programas inéditos em agosto aqui na tv pernambuco.

 

Curta Por Aí
Sexta (02), às 19h
YouTube.com/tvpernambuco
Canais Digitais: Recife e Região Metropolitana: 46.1 | Caruaru: 13.1 | Petrolina: 12.1

 

 

 



Post Tags