contato@epc.pe.gov.br(81) 3183.7300 facebooktwitterinstagramyoutube

TV Pernambuco assina acordo com agência de notícias chinesa

publicado em:19/08/21 4:36 PM Notícias

Conteúdos jornalísticos, educacionais e culturais passam a ser compartilhados entre a Empresa Pernambuco de Comunicação (EPC), vinculada à Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação de Pernambuco, e a Agência de Notícias Xinhua. O Acordo de Cooperação Técnica (ACT) que possibilita essa iniciativa foi assinado na quarta-feira (18). Os pernambucanos poderão conhecer mais sobre a história, tradições milenares, esportes, cinema e notícias atuais da China. E os chineses passarão a ter mais acesso a informações sobre os avanços, a Cultura, o potencial turístico e demais áreas em que Pernambuco é referência nacional e internacional.

Esse Acordo é firmado três dias após a celebração dos 47 anos de relações diplomáticas sino-brasileiras e a TV Pernambuco se torna a primeira emissora do Nordeste a firmar uma parceria com a Xinhua. Participaram conosco da cerimônia de assinatura a cônsul geral da china no Recife, Yan Yuqing, o diretor da Agência de Notícias Xinhua no Brasil, Chen Weihua, o presidente da Empresa Pernambuco de Comunicação (EPC), Ivan Júnior; e o presidente da Associação da Imprensa de Pernambuco (AIP), Múcio Aguiar.

O secretário de CT&I, Lucas Ramos, destacou a importância do acordo. “Dentro do planejamento de reestruturação da TV Pernambuco, a parceria com a Xinhua é estratégica para ampliar, ainda mais, a qualidade dos conteúdos disponibilizados aos pernambucanos. Prevê também a transferência de novas tecnologias e o compartilhamento de infraestrutura. Além de impulsionar o processo de internacionalização da Comunicação Pública do nosso Estado”, disse.

É mais uma parceria que estreita as relações entre China e Pernambuco. “Já colocamos a Secti à disposição do Consulado Chinês no Recife para avançarmos em mais ações de intercâmbio científico e tecnológico, formação de pessoas e desenvolvimento conjunto de pesquisas e soluções para os setores produtivos”, afirmou o secretário Lucas Ramos.



Post Tags